Soluções para os Riscos Químico, Toxicológico e Ambiental

Catálogo de Produtos | Port. | Esp. |

Portuguese English Spanish

As doenças do trabalho representam forte impacto socio-econômico negativo para a sociedade, que pode ser minimizado pela incorporação dos princípios da Higiene Ocupacional nos projetos de Engenharia de processos produtivos. Segundo estatisticas da União Europeia publicadas em 2009, existe um imenso iceberg de doenças do trabalho nos Países Membros, responsável por uma mortalidade 21 vezes maior que a resultante dos acidentes do trabalho. Quase metade do total de doenças do trabalho mortais resultou da exposição a produtos químicos, evidenciando alta prioridade para o fortalecimento das ações preventivas de Segurança Química na região. (EU-OSHA, 2009). A Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS) estima que, no máximo, 5% dos casos de doenças ocupacionais que ocorrem na América Latina são notificados (GOELZER, 2014). Em virtude da falta de investigação, diagnóstico e notificação, as estatísticas do INSS referentes a 2015 apontam que, do total de acidentes e doenças do trabalho comunicados, apenas 2,63% correspondem às doenças do trabalho, o que confirma os dados da OPAS/OMS. É provável a existência, no Brasil, de um iceberg de doenças do trabalho ainda maior que o dos países da União Europeia, gerando altos custos para a Previdência Social e baixa produtividade nas organizações brasileiras.

Anvisa iniciou o ciclo de debates sobre as propostas regulatórias de suplementos alimentares. Os impactos e as necessidades de melhorias na proposta de regulamentação das normas dos suplementos foram alguns dos temas discutidos.

O objetivo foi discutir novas normas e buscar uma concordância internacional no que diz respeito às normas de suplementos alimentares. Outra questão é trazer uma normatização mais flexível, ter uma resolução da diretoria colegiada (RDC) com os princípios norteados e instruções normativas (IN) que mudem e de adaptem periodicamente.

Entre os dias 8 a 11 de outubro de 2017, no Campus II da Universidade Federal de Goiás, na cidade de Goiânia/GO, Brasil, ocorrerá o XX Congresso Brasileiro de Toxicologia, evento que conta com apoio da Intertox e participação de vários de seus colaboradores.

O Enfoque Estratégico para o Gerenciamento Internacional (SAICM), é um plano global de ação cuja meta global é alcançar o gerenciamento adequado de substâncias químicas durante seu ciclo de vida, de modo que por volta de 2020 as substâncias químicas sejam usadas e produzidas de uma maneira que leve à minimização de efeitos adversos significativos sobre a saúde humana e o meio ambiente.

Ciclo de vida dos produtos quimicos meta 2020 pictogramas 2020

No Brasil, poucos conhecem ou falam sobre a ACHEMA. Em 1982, passando por Frankfurt, mais precisamente, pela frente da MESSE FRANKFURT, onde havia uma feira, resolvi entrar. Foi das melhores decisões que me ajudariam no campo profissional. Surpresas diversas, sendo a melhor, a descoberta do alarme para velocidade de face para capelas de exaustão. Consegui trazer duas unidades para o Brasil e instalei uma no CENPES da Petrobras para ver a repercussão. Foi ótimo o resultado, pois naquela época, a título de preservar a segurança dos técnicos que se utilizavam das capelas de exaustão, havia o recurso de uma lâmpada de alerta, que era acionada por um  micro switch quando   a janela era levantada acima de uma altura predeterminada pela Segurança.

Pesquisar

 

ghs