Soluções para os Riscos Químico, Toxicológico e Ambiental

Catálogo de Produtos | Port. | Esp. |

Portuguese English Spanish

A tabela periódica criada por Dimitri Mendeléiev em 1869 ganhou em 2016 quatro novos elementos. Agora cientistas japoneses buscam criar o 119 elemento da tabela periódica, que seria o "Ununênio".

Cientistas buscam o 119º elemento da tabela periódica

A organização da tabela periódica é feita pelo número de prótons encontrados no interior do núcleo de cada elemento, pela distribuição dos elétrons e pela recorrência de propriedades periódicas.

Em 29 de janeiro de 2018 a Comissão de Estudo de Transporte de Produtos Perigosos (CE-016:400.004) no Comitê Brasileiro de Transportes e Tráfego (ABNT/CB-016) adicionou a Consulta Nacional o Projeto de emenda da ABNT NBR 7503 - Transporte Terrestre de Produtos Perigosos – Ficha de Emergência e Envelope para o Transporte – Características, Dimensões e Preenchimento. 

Segundo a ficha técnica do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – PNUMA, (UNEP_SDG_FactSheet_March13_2015), a poluição química, em todas as suas formas (ar, água, solo, alimentos, etc), constitui a principal causa de morte em todo o mundo atualmente. Em virtude da falta de informação, treinamento, regulamentação, fiscalização e outras medidas de prevenção e controle, cerca de 94% dessas mortes concentram-se nos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento, como o Brasil.

No dia 16 de dezembro de 2017, passou a vigorar exclusivamente a nova Resolução ANTT n° 5.232/2016, referência imprescindível e obrigatória para o Transporte Terrestre de Produtos Perigosos no Brasil, e que substituiu a Resolução ANTT n° 420/2004. No entanto, antes mesmo da data que passou a vigorar exclusivamente e dias após esta nova resolução acabou sofrendo três atualizações com o intuito de realizar algumas correções e inclusões textuais, foram elas:

1 edicao Curso sobre exigencias Transporte Terrestre Produtos Perigosos

 Nos dias 13 e 14 de Dezembro de 2017, a Intertox em parceria com o Comitê Brasileiro de Transportes e Tráfego da Associação Brasileira de Normas Técnicas (CB-16/ABNT) realizou a 1ª Edição do curso focado nas obrigatoriedades do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos. O curso teve como ministrantes, nosso diretor técnico Msc Prof Fabriciano Pinheiro, Mestre em Toxicologia e Coordenador da Comissão de Estudos “Informações sobre Segurança, Saúde e Meio Ambiente relacionados a Produtos Químicos” da ABNT/CB-10, a Engenheira Glória Benazzi, Coordenadora da Comissão de Estudos “Transporte Terrestre de Produtos Perigosos” da ABNT/CB-16; e o Especialista Márcio A. V. Oliveira, Diretor Técnico da PPM, Tenente da Reserva da Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo e ex-professor da área de treinamento sobre fiscalização do transporte de produtos perigosos.

 

Pesquisar

 

ghs