Soluções para os Riscos Químico, Toxicológico e Ambiental

Catálogo de Produtos | Port. | Esp. |

Portuguese English Spanish
Print Friendly, PDF & Email

Biblioteca Prof Eustaquio Linhares Borges

No dia 09 de agosto de 2016 foi inaugurada a Biblioteca Professor Eustáquio Linhares Borges. As bibliotecas têm a séculos servido de templo para pesquisadores, estudantes, professores e curiosos, fazendo de seu ambiente um terreno propicio para o crescimento do conhecimento. Atualmente, as bibliotecas universitárias são responsáveis por carregar o principal bastão de lares da informação cientifica, porém, a mesma pode ser encontrada em suas irmãs mais novas: as bibliotecas escolares, públicas e institucionais. Essa última, é muito peculiar, sendo extremamente rara

Nascida em instituições privadas as Bibliotecas Institucionais servem principalmente como apoio aos funcionários da empresa, sendo em sua maioria acervos fechados, e é assim que também nasce o acervo da Biblioteca Intertox. Porém, sempre agindo em meio a sua responsabilidade como disseminadora do conhecimento, a biblioteca Prof. Eustáquio Linhares Borges tem planos para ser aberta ao público e receber todos que precisarem de um ambiente para compreenderem mais sobre o mundo da toxicologia, meio ambiente e segurança química.

Para finalizar, o colaborador, líder e pesquisador Carlos dos Santos (autor da obra Toxicologia In Silico, publicada pela Intertox) faz uma saudação ao seu antigo professor, expondo a todos os motivos da biblioteca da Intertox levar o nome do Prof. Eustáquio.

SAUDAÇÃO AO PROFESSOR EUSTÁQUIO BORGES, POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DAS BIBLIOTECAS AGORA HONRADAS PELO SEU NOME 

Aos 18 anos, tive oportunidade de conhecer uma daquelas pessoas notavelmente diferentes. Professor, recém-aposentado da UFBA e renomado toxicologista, numa cidade com acentuadas diferenças sociais, com uma visão diferenciada da profissão farmacêutica e defendendo uma bandeira na época ainda controversa em um ambiente pouco favorável à defesa de muitas bandeiras, que é uma universidade privada sem tradições de ativismo. Nestes diversos elementos e contexto, talvez não totalmente compreensíveis a todos, quero apenas retratar que é o mais concreto exemplo de desafio. Talvez possamos dar maior sentido em figurar, um homem constituído e de vida plena, sob o sol ardente, a jogar sementes sob uma terra seca. E não poderia deixar de complementar, com a sensibilidade e solidariedade de cuidar dos pequenos ramos que milagrosamente brotavam do chão, ainda frágeis e vindo de seus contextos sociais tão diferentes. Desta lavoura, eu e tantos outros, profissionais, agora mestres e doutores, em tantos sonhos e contribuições já realizados e que estão por vir.

O prof. Eustáquio Borges foi responsável também pela criação do CIAVE-BA (Centro de Informações Antiveneno) junto à Secretaria da Saúde do Estado (SESAB) em 1980. Desempenhando um papel primordial na salvaguarda em saúde pública no estado e região Nordeste, o CIAVE foi o segundo serviço de Toxicologia do país a entrar em funcionamento, e é atualmente responsável pelo diagnóstico e terapêutica de emergências toxicológicas, além de fornecimento de informações toxicológicas para a Bahia e outros estados. Quantas vidas salvas pelas buscas e convicções do professor, e que sequer tiveram a chance de conhecê-lo.

A maioria de nós já deve ter ouvido que a existência é eterna. Esta afirmativa poderia ser analisada em diferentes planos:

  • No plano físico – com todas as buscas da física quântica;
  • Na filosofia com o existencialismo ou no sentido filosófico da “eternidade” (atemporal e transcendente);
  • No plano biológico, em que passamos para cada geração posterior nossas informações genéticas e coordenadas evolutivas;
  • Nas ciências sociais com a cultura que transita entre os povos e gerações;
  • Na psicologia quando o desenvolvimento da personalidade de um indivíduo, parte da relação com seu pai e mãe (para algumas linhas, antes mesmo da concepção) ou naqueles projetados como tais;

Todavia, estas análises servem apenas como parâmetro mínimo para reflexão da imensidão do que é eterno dentro de cada um de nós. E nesta breve reflexão, percebi que esta eternidade se consolida na forma que decidimos viver, nas nossas escolhas, nas nossas convicções e nas nossas buscas. Na forma que nos doamos e agimos.

Algumas pessoas simplesmente aparecem em nossas vidas, nos transformam com sua existência, se despedem e permanecem em nós. Tal qual um curso de um rio, estamos nós aqui, com a possibilidade de mudar tudo à nossa frente, moldando as pedras, transformando e levando vida aos lugares.

Nas diferentes concepções de eternidade em suas inúmeras formas e possibilidades, mais este presente do prof. Eustáquio Borges, que se materializa na forma de uma biblioteca, e se transcende em todo poder transformador que uma biblioteca pode exercer em nossa cultura, em nosso potencial humano, em nosso mundo, em nossas vidas. Fica mais uma vez o nosso sentimento de gratidão e mais um obrigado.

Print Friendly, PDF & Email

Pesquisar

 

ghs